Semana do aleitamento materno: conservação do leite

IMG-20150319-WA0002
                          Primeiro mama na mamadeira.

Aproveitando a semana de aleitamento materno, vamos tirar algumas dúvidas que você possa ter sobre a conservação do leite.

É possível armazenar o leite materno de forma segura?

Sim!

Super possível.

Para fazer isso com segurança, devemos saber: Como? – Onde? – Por quanto tempo? – podemos conservar o leite.

Primeiro pergunta: Como?

Para armazenar o leite sem riscos é preciso ter atenção com a escolha do pote e com a higiene.

Sempre escolha potes fáceis de lavar e que vedem bem. Ideal é ser de vidro com tampa (rosca) de plástico, mas sabemos que eles não são fáceis de achar. Na falta, escolha um todo de plástico e que seja livre de BPA.

Antes de armazenar o leite: Esterilize o pote (da uma olhada em como fazer).

– Lave o pote com sabão neutro (sem cheiro).

– Coloque em uma panela com água e deixe ferver, o pote e a tampa, por 15 minutos ou use esterilizadores de micro-ondas pelo tempo determinado de cada fabricante.

– Após os 15 minutos deixe o pote secar, de cabeça para baixo, em cima de uma toalha descartável ou dentro de outro pote.

É de extrema importância esperar o pote esfriar para abastecer com o leite – isso evita o crescimento de microrganismos.

 

Segunda e terceira pergunta: Onde? Por quanto tempo?

É possível armazenar o leite em temperatura ambiente, na geladeira ou no freezer. Para cada tipo de armazenamento há um prazo de validade.

Aleitamento
FONTE: Jones, F. (2011). Best practice for expressing, storing and handling human milk in hospitals, homes and child care settings (3rd ed.). Fort Worth, TX: Human Milk Banking Association of North America, Inc

É claro que esses prazos acima são baseados em determinados ambientes, condições climáticas e uso dos congeladores/geladeira.

Na geladeira, nunca deixe o leite nas prateleiras da porta, pois é onde a temperatura fica mais alta devido ao abre e fecha.

E como descongelar?

Descongele dentro da geladeira.

Se precisar urgentemente do leite congelado, descongele em banho maria.

Não ferva o leite e não use o micro-ondas para descongelamento.

Festas Juninas

Festa-Junina

E estamos na época do ano que eu mais AMOOOOOOOO!

Sim! Junho e Julho são os meus meses favoritos.

Faz frio e têm festas! Rá! Facinho assim me agradar.

Julho é o mês de aniversário do Sr. Caneca e era para ser o mês de aniversário do Caneca Jr., mas ele tinha pressa em nascer, então nasceu em Junho.

Lembro de estar grávida dele (e eu estava muito doente, muito doente mesmo, e foram muitos meses sobre a cama) e pensar: – Bom, se ele nascer antes do tempo, pelo menos eu posso fazer a festa do primeiro aninho uma Festa Junina!

E ele nasceu antes e foi um sufoco, mas superamos e ele é forte como um touro agora.

E fizemos muitas festas juninas.

Aqui no Sul as festas acontecem, na maior parte, nas escolas, mas existem algumas festas de rua.

Esse ano teremos Arraial da Cidade Baixa, no dia 10/6, e dia 24/6 Arraial da Revista Donna no Viva Open Mall.

Os clubes também fazem suas festas, mas e você? Quer fazer uma festa junina?

Dá uma olhada nas sugestões de decoração abaixo:

Bandeirolas – simplesmente não podem faltar. De papel ou tecido (como eu ensinei aqui).

bandeirolas

Mesa com toalha xadrez (ou floral de chita). As minhas são da Tok & Stok.

mesa-junina

Fogueira. Mas não precisa ter fogo de verdade. Na foto de baixo e na foto de cima vocês têm bons exemplos de como fazer uma fogueira de papel, uma de papel celofane arrumado dentro de um pote forrado com papel marrom para lembrar madeira, e outra feita de papel de seda.

fogueira

Tenha várias garrafas térmicas para colocar quentão, assim você não fica correndo para a cozinha toda hora.

térmica

Jogos. Boca do palhaço, amarelinha, pescaria…

pescaria

Brindes. Não pode faltar, nem que seja um pequeno brinde para cada criança e adulto ao final da festa.

brindes

A roupa de caipira?

Bom, você encontra prontas por R$ 30,00 (as mais baratas de criança), mas pode só costurar uns remendos nas roupas e aproveitar para usar todo o xadrez do closet (amo!).

Esse ano o Canequinha usou uma camiseta com detalhes xadrez nas mangas e cintura e costurei retalhos num colete de lã e na calça jeans. Não custou nem R$ 5,00 e depois é só descosturar. Usei linha de pesponto e uma agulha grossa.

calça-jeans-com-remendo

remendo-xadrez

remendo-no-colete

Ah! E calor. Humano e aquele proveniente do fogo mesmo. Você não quer passar frio, quer aproveitar o frio.

lareira

É isso minha gente!

Boas festas e viva São João, Santo Antônio, São Pedro e São Paulo!

Na Matrix da Criação dos Filhos – volume 2

Essa semana começou com uma polêmica na vida dos pais de todo o país: a escola de SP que está oferendo serviços de limpeza de uniforme, corte de cabelo e alimentação de seus alunos.

É a escola Ponto Omega, localizada em bairro nobre da nossa Big Banana, São Paulo.

Segundo a reportagem da revista Época Negócios, eles atendem crianças de 4 meses até 6 anos, no horário das 8 as 20, e as famílias que lá matriculam seus filhos não precisam se preocupar com os uniformes, pois eles são higienizados pela escola, as refeições que são servidas aos alunos também podem ser compradas congeladas pelos pais para consumir no fim de semana e, ainda, uma vez por mês uma cabeleireira vai até a escola para aparar as madeixas da criançada. Pense em praticidade… Essa escola acertou em cheio!

Mas… Teve gente que não viu a coisa assim. Não viu como uma oportunidade de negócio, viu como o fim da família brasileira.

Há muito tempo se fala da responsabilidade das escolas na educação de nossos filhos. Aqui no Brasil, infelizmente, muitas famílias esqueceram que devem educar seus filhos, ensinando respeito, responsabilidade, moral e ética e que, para a escola, ficam o ensino da matemática, história, línguas e ciências. Assim, quando uma escola começou à oferecer serviço de lavanderia e corte de cabelo, muita gente se enfureceu, achando que esse tipo de coisa não deveria acontecer em ambiente escolar. Muita gente disse: pra que ter filho então?

Em que pese esse seja o argumento mais fraco e sem embasamento que alguém possa fazer, eu vou responder à pergunta: Você tem filho para perpetuar a espécie. Você tem filho para amar. Você tem filho porquê acredita que esse mundo tem jeito. E… Você tem filho porquê é egoísta.

Sim, você que pôs um ser humano no mundo, de caso pensado, é egoísta pra caramba.

E narcisista.

Ah! E você não é nada ecológico. Nadinha.

Logicamente falando, você deveria ter adotado um ser humano já existente, mas não, você tinha que SE reproduzir. Você QUER ser eterno, quer que o SEU sangue continue nesse mundo, pois acha que SEU sangue é melhor que o dos outros e aí coloca mais um humano no mundo para contribuir com a escassez de recursos que já sofremos.

Obviamente, eu não estou te criticando, pois eu tenho 2 filhos. O que eu estou fazendo é te mostrando um outro lado da realidade.

Assim como aquela escola que resolveu facilitar a vida dos pais, a verdade é que, quem tem babá e/ou empregada doméstica tem as mesmas facilidades que aquela escola oferece – mais até.

E daí muita gente falou que professora não tem que ser babá e nem lavar a roupa do aluno.

Obvio que não tem! E ela não fará isso.

A professora daquela escola não vai lavar o uniforme dos alunos, esse serviço é de lavanderia, aquela professora também não vai cortar o cabelo dos alunos, esse serviço é de cabeleireira, e aquela professora não vai cozinhar para os alunos, isso fica para as cozinheiras e a nutricionista. Todas elas recebendo os direitos trabalhistas direitinho (não estou aqui discutindo o valor do salário, estou falando de direitos). Já a empregada doméstica… A lei não é a mesma para ela, infelizmente.

A situação das empregadas domésticas no Brasil é bem delicada e o fato de que muitas de nós PRECISAM delas é histórico e comportamental.

A própria doméstica tem a sua doméstica/babá. Veja só o ciclo das coisas… Claro que é uma espiral descendente e esse é um dos grandes problemas (leia mais sobre isso nesse link). Imagine que alguém pague para uma babá 1 salário mínimo, o quanto você acha que ela vai ter para pagar para a babá dos próprios filhos? Imagine a qualidade do serviço que ela conseguirá! Dureza.

Você pode até pensar estar fazendo um bem, tirando alguém da miséria, ajudando e dando emprego (e a gente sabe que muitas famílias fazem muito mais que isso, dão casa, mobília, ajudam na educação dos filhos dessas mulheres). Agora, gente rica mesmo (mesmo) não tira a empregada da miséria, da vila, busca ela na universidade, quer babá com diploma de pedagoga, de letras (estrangeira de preferência) e vai pagar para essa mulher de acordo com os direitos da empregada doméstica.

Opa! Aí ficou feio? Porque, talvez, você seja professora?

Pois é… Tem uma coisa que as famílias brasileiras deixaram de ensinar aos seus filhos: EMPATIA.

Empatia é a capacidade de se colocar no lugar do outro antes de emitir julgamento. Veja bem, antes de emitir e não de julgar, pois isso nós fazemos em frações de segundos.

Não tem nada de errado julgar, é humano. Agora emitir julgamento sem pensar no outro… Isso é falta de empatia e, em alguns casos, crueldade.

Por exemplo: eu cozinho todos os dias para os meus filhos, mas tenho uma amiga que não cozinha nada, absolutamente nada, compra tudo de restaurante.

Para mim é natural cozinhar, sou rápida nisso, sei aproveitar bem os alimentos, mas para ela não é, ela me disse que, mesmo só tendo um filho, não dá conta de fazer nada com ele ao redor.

Primeira coisa que eu pensei: Bah! Que absurdo!

A verdade: E ela não precisa! Graças às invenções do mundo moderno ninguém precisa cozinhar, pode viver bem de comida congelada (de qualidade) e frutas frescas. Ninguém precisa depenar galinha ou assar pão em casa, isso não é mais necessário.

Aliás, se você pode simplificar sua rotina, por que não? Não estou falando de diminuir a qualidade da sua vida, de jeito nenhum, estou falando em ganhar qualidade de vida com as invenções do mundo moderno.

Escolher uma escola de turno integral para seu filho não faz de você menos mãe/pai. Escolher uma escola que além do turno integral ainda tem serviço de concierge (lavanderia, cabeleireira, comida congelada para levar, atividades extraclasse, etc) não faz de você menos mãe/pai. Faz de você uma sortuda que achou essa escola e que pode pagar por esses serviços, que (tenho certeza) não são nada baratos. Faz das proprietárias dessa escola grandes empreendedoras, oferecendo um tipo de serviço diferenciado e com grande procura.

Ter babá ou empregada doméstica também não faz de você menos mãe/pai. Se você tem uma equipe de 4 babás para que seu filho não fique desatendido nunca, também não faz de você menos mãe/pai.

É necessário ter conhecimento para fazer a melhor escolha e você não tem o direito de apontar para o outro e dizer que ele é menos por essa ou aquela escolha. Você não vive a vida do outro, não sabe das circunstancias do outro, não tem conhecimento para decidir pelo outro.

Tanto no caso da escola que faz tudo quanto no caso de ter babá/empregada doméstica, o fato é que, no Brasil, terceirizamos a criação dos filhos.

Não queira tapar o sol com a peneira, se você coloca seu filho em idade pré-escolar na creche ou seu filho em idade escolar em escola de turno integral (das 8h as 20h) você está terceirizando a criação dele.

Você pode largar tudo e ficar em casa com ele? Provavelmente não.

Faça o que é necessário e não sofra, não seja vítima da culpa, você está se esforçando para fazer o seu melhor.

Mas, também, não aponte o dedo para aquela mãe que largou tudo para ficar com os filhos.

Tenha empatia.

 

 

 

 

Nuts & Seeds

Olá Pessoal,

Hoje a Dinda veio dar uma colherada na granola RICA da Dona Xicara! Afinal de contas quem não quer provar nessa delicia e de quebra levar sais minerais, vitaminas e fitoesteróis para o corpo?

Então desse mix de ingredientes que ela usou vou falar um pouquinho sobre as castanhas e sementes.

Oleaginosas

Eu sou fã numero 1 das castanhas e das sementes, porque são fontes (de origem vegetal) de energia, lipídeos, proteínas e ótimas para utilizar em receitas doces e salgadas.

Separei algumas que estão no meu consumo, quase que diário:

Avelã

Além de ser ótima fonte de gordura, a avelã é rica em proteína e magnésio (esse ultimo ajuda na absorção de vitaminas e minerais)

Amêndoa

Assim como a avelã, a amêndoa é fonte de gorduras e proteínas, mas também contém alto teor de fibras e é fonte de vitamina B1 e B2.

Semente de girassol

Essa semente é rica em ômega 3 e 6. Também é uma ótima fonte de vitamina A e E (antioxidantes naturais que ajudam a combater os radicais livres e previnem o envelhecimento das células).

Nibs de Cacau

O Nibs nada mais é que a amêndoa do cacau levemente triturada e torrada. Assim como cacau tem ação antioxidante devido a presença dos flavonoides e o mais bacana do cacau é a teobromina – que faz com que tenhamos a liberação dos hormônios dopamina, serotonina e endorfina – dando a sensação de prazer que tanto conhecemos ao comer chocolate.

Sobre ser Mãe

Eu não sei como vocês funcionam, como pensam (adoraria saber, deixe seu comentário, por favor), mas minha mente funciona mais ou menos assim:

Sentimento ⇔ Som ⇔ Cheiro ⇔ Cor

Então, muitas vezes eu crio “vídeo clips” na minha cabeça, mas eles têm cheiro e, às vezes, gosto. Ahahahhaha!

Chegando o Dia das Mães, pensei em dividir com vocês alguns clips (reais!) que eu relaciono à certos momentos da vida mãe/mulher/profissional.

Divirta-se com a minha loucura!

Como eu passo o período gestacional, imaginando o parto perfeito:

Como me vejo como mãe, na árdua tarefa de domesticar e civilizar esses seres humanos selvagem que coloquei no mundo:

Como eu me preocupo com os meus filhos na sociedade e rezo – todos os dias – para que eles não sejam danificados de forma irreparável e, principalmente, que eu não os danifique de forma irreparável:

Quando eu penso no meu marido e todos os desafios que já superamos e todos os que ainda temos que superar:

Quando eu estou precisando de foco para trabalhar, quando parece que eu não vou dar conta, quando eu estou prestes à sucumbir (e aí meu amor, eu passo um batom VERMELHOOOO, levanto, danço e canto BEEEM alto):

E quando eu penso em todas as mulheres e mães (e os pais que não têm as mães para contar na equação, e todas as formas de famílias que existem) e tudo o que temos que fazer para prosperar nesse mundo, tudo o que temos que passar para evoluir como pessoas (porquê, vamos ser sinceros, algumas pessoas nunca evoluem, assim sendo, se a vida não fica mais fácil, tratemos de ficar mais fortes):

Parabéns para você, que é mãe, por via direta ou indireta, para você que é pai e faz as vezes de mãe, para você que não teve filhos, mas amou cada sobrinho como se fosse seu filho, para todas as avós, tias-avós, enfim, você que se importou o suficiente com um ser humano ainda em fase selvagem e ajudou à domesticá-lo.

Um brinde!

 

 

 

 

A Granola Rica da Dona Xícara

Granola-Rica

Oie!!!

Então… Tantas coisas para dividir, tão pouco tempo.

Estou com 3 post pendentes (juro!) e me dói perceber que março veio e foi e eu ainda não publiquei o post sobre lanche escolar…

Bom, chega de lenga lenga e vamos lá!

Hoje eu vou ensinar você, caro telespectador, que me lê em cores ou em preto-e-branco, como fazer uma granola RICA, tipo assim, RICA como a Carolina Ferraz naquela novela:

GRANOLA RICA DA DONA XÍCARA

250g de aveia em lâminas (é aquela aveia mais inteira)

100g de amêndoas (que você deve triturar com o processador de alimentos ou o liquidificador até fica bem miúda)

50g de avelãs (previamente torradas e levemente trituradas)

50g de macadâmias com mel (levemente trituradas)

2 colheres de sopa de semente de girassol (previamente torradas)

2 colheres de sopa de gergelim (o claro)

3 colheres de sopa de óleo de coco

3 ou 4 colheres de sopa de melado (eu uso o batido e uso 4 colheres, pois fica mais docinho)

1 colher de sopa de cacau nibs ou passas

Coloque, em uma forma antiaderente, a aveia, as amêndoas, as macadâmias, as avelãs, as sementes de girassol e o gergelim.

aveia

Por cima distribua o óleo de coco.

Melado-e-óleo-de-coco

Leve ao forno (200ºC) por 15 minutos. Mexa bem e adicione o melado e o cacau. Volte ao forno por mais 10 minutos.

Retire do forno e mexa bem, até esfriar.

Pronto!

Guarde em um pote hermeticamente fechado e ela vai durar mais de 1 mês.

cacau-nibs
Cacau nibs e gengibre cristalizado.

Alguns ingredientes dessa lista são bem caros, por isso eu chamo de granola rica. Mas você pode fazer substituições, tirando as macadâmias, por exemplo, e trocando os nibs de cacau por passas.

Além disso, se você não gosta de melado, pode trocar por mel.

Dias desses eu não achei macadâmias nem avelãs, então troquei por flocos de quinoa e lascas de coco com açúcar mascavo. Nessa fornada usei o mel.

É um lanche super rico, também, em vitaminas e fica ótimo junto com alguma fruta no café da manhã (mamão, por exemplo).

Fácil de carregar em potinhos pequenos, é uma boa opção para levar na bolsa e matar aquela fome do fim de tarde.

Eu costumo comer com maça verde e um pouco de melado extra, acompanhando um chazinho morno… Delícia!

E pra finalizar, uma foto comprovando que essa granola é tão, mas tão fácil de fazer que precisa de uma mão só!

Fazendo-a-granola

 

A cidade perdida de Machu Picchu

Machupicchu

Hoje eu vou contar para vocês como eu realizei um sonho de infância: conhecer a cidade perdida de Machu Picchu.

Como vocês bem sabem, esse blog não é um blog de viagens, portanto fique tranquilo que eu não farei propaganda de hotéis ou restaurantes. Vou sim comentar nossos grandes acertos em termos de hospedaria e gastronomia, mas é pura e simplesmente para ajudar, não recebemos nada para isso.

Como eu já disse, era sonho meu de infância conhecer Machu Picchu.

Embuti esse desejo no Sr. Caneca com a, infalível, técnica do “compre Batom” (lembram?). Brincadeira, mas ao longo dos anos foi crescendo nele, também, um desejo de conhecer a República do Peru, tomar o famoso Pisco Sour curtindo o Oceano Pacífico e conhecer os mistérios da cidade Inca.

Então, esse ano, depois de quase 14 anos de casados, tivemos nossa primeira lua de mel.

Nosso destino: a República do Peru = Lima, Cusco e Machu Pichu.

Programar a viagem para Lima foi moleza e os sites de viagens que consultamos nos ajudaram muito.

Agora, programar a viagem para Cusco e Machu Picchu… Foram outros 500. Nenhum site de viagem explica direito ou totalmente como fazer, encontramos muitas informações desencontradas ou incompletas e me senti o próprio Hiram Bingham descobrindo a cidadela.

E o teu agente de viagens? Nem ele foi suficiente (em que pese a Millenium Turismo tenha sido fundamental para que eu conseguisse as informações básicas e passagens aéreas com preço muito melhor do que eu estava conseguindo por mim mesma).

Cheguei à conclusão que é preciso ser especialista em Machu Picchu para dar certas informações e, pior, se a ida para a cidadela for comprada através de agência no Brasil, o preço é tão absurdo que dá para, com o preço de 1 pessoa (viajando em condições que eu não aconselho) pagar para 2 e ainda sobrar dinheiro para artesanato, comida, remédios.

Razão pela qual muitos amigos e parentes pediram por este post e agora eu vou explicar MINUCIOSAMENTE e SEM PROPAGANDAS (coisa que você não acha nos sites de viagens) como programar essa viagem INCRÍVEL!

1ª Dica

Passe um dia na capital do país, Lima, e conheça um pouco das culturas pré-Inca.

Fique hospedado no distrito de Miraflores e você não vai se arrepender, eu prometo!

Imagine calçadas brilhando de tão limpas, aroma de flores no ar, muitos (mas muitos mesmo) restaurantes, um shopping ao céu aberto (o fantástico Larcomar), praças com esculturas, segurança suficiente para passear de noite na rua (e ver um monte de casais da Praça do Amor e crianças brincando nas pracinhas próximas ao Farol de Miraflores).

Se quiser ter uma experiência gastronômica incrível, romântica, com direito à restaurante no Pacífico (sim, NO PACÍFICO), experimentar um Pisco Sour de primeiríssima qualidade (o melhor que tomei no Peru) e ainda 4 pratos locais, faça reservas no La Rosa Náutica e peça uma ronda para 2 (um prato que vem com 4 porções de comidinhas) e finalize com um merengue limenho.

Almoço-no-La-Rosa-Náutica
Adivinha quem foi molhar os pezinhos nas águas do Oceano Pacífico depois do almoço?

Ainda em Miraflores, visite o sítio arqueológico de Huaca Pucllana. Entrada barata e tour guiado numa espécie de pirâmide com mais de mil anos que pertenceram às primeiras culturas limenhas. Interessantíssimo o contraste com as culturas da montanha. Em Lima a sociedade era matriarcal e venerava o mar e a lua, nas montanhas era patriarcal e venerava o sol e a terra.

Huaca-Pucllana
Huaca Pucllana que, até uns 30 anos atrás, era uma pista de motocross, pasmem! Até que alguém descobriu algo por baixo daquele monte de terra.

2ª Dica

Todos os lugares têm Wi-fi, então um plano de dados não é tão necessário.

Eu contratei um plano de dados que achei CARÍSSIMO, mas foi uma das coisas que fiz porquê muitos sites de viagens indicavam fortemente. “É cilada Bino” não caia nessa.

3ª Dica

Táxi, sempre negocie antes o preço, pois eles não têm taxímetro.

Outra coisa, os táxis usam Über. Sim, eu sei, doido, então tanto faz se você está usando o aplicativo ou chamando o táxi, serão os mesmos carros.

Importantíssimo: não tem como pegar Über no aeroporto, simplesmente não rola. Mas têm muita oferta de táxi. Demos muita sorte com o Rafael que além de nos entregar são e salvos no hotel (porque o trânsito lá é lllloooouuucccooo), ainda deu uma de guia turístico e gastronômico. Gente finíssima ele.

4ª Dica

Os vôos para Cusco e de Cusco costumam atrasar, não se desespere e não marque nada para horários próximos ao que, originalmente, você deveria chegar.

5ª Dica

Em Cusco, reserve o primeiro dia para aclimatação. Sério. O soroche (mal da altitude) pega legal e de formas diferentes em cada organismo. Eu, por exemplo, assim que desci do avião em solo cusquenho, parecia bêbada! Ria sem parar e estava tontinha.

Mirante-em-San-Blas
Uma das vantagens de ficar hospedada em San Blas é não ter que subir, pois já é no alto, e daí dá para aproveitar até na primeira noite.

6ª Dica

Não fique hospedado nos arredores da Plaza de Armas. É barulhento e tem sempre alguém na rua tentando te vender alguma coisa.

Plaza-de-Armas-de-manhã-bem-cedo

Fique em San Blás, que é um dos bairros mais antigos de Cusco, com a igreja mais antiga da cidade, cheio de galerias de arte e excelentes lojas de artesanato, tem mirante, ótimos bares e restaurantes. Além disso, fica há, somente, 3 quadras da Plaza de Armas. Depois de muita, mas MUITA pesquisa, nós escolhemos o Quinta San Blas e foi tudo perfeito! Se você já ficou hospedado no Petit do Casa da Montanha em Gramado, vai encontrar no Quinta San Blas o correspondente peruano. O quarto é grande, a cama gigante, a roupa de cama tão boa que não dá vontade de acordar, o chuveiro com bastante pressão e água quente (e isso é importante de ressaltar, pois é uma reclamação frequente em Cusco), o hotel fica numa casona espanhola de mil e antigamente, mas é super bem cuidado e com todas as amenidades do mundo moderno, sempre tem água mineral nos quartos (outro detalhe super importante em Cusco, pois o clima é super seco), o restaurante do hotel é todo lindinho, comandado por um francês, o café da manhã sem exageros, porém sem faltar nada, com todos os produtos orgânicos e artesanalmente elaborados.

o-pátio-interno-do-Quintas-San-Blas
O Quintas tem 2 pátios, esse é o primeiro e maior. É onde fica a “mesa de cocas” – uma mesa com água quente, canecas, chás de coca e de muña, açúcares e adoçantes – 24 horas para os hóspedes.
San-Mateo
O detalhe da parede do quarto e a água mineral que todos os dias o hotel colocava no nosso quarto. Uma garrafa para cada.

7ª Dica

Faça um tour caminhando pela cidade. Nós fizemos o Free Walking Tour com o Elvis e foi muito bom, pois eu ainda tinha dúvidas de o que fazer na cidade e com as explicações dele nós conseguimos decidir o restante do roteiro. A contribuição é espontânea (eu achei justo pagar 10 soles cada).

Walking-Tour-Cusco

8ª Dica

Vá para o Peru com tudo para Machu Picchu já comprado e é agora que a giripoca pia e a porca torce o rabo: nenhum site te ensina como fazer isso por conta própria, ou melhor, até agora nenhum ensinava, pois eu vou te levar ao pote de ouro meu bem!

Tenha em mente que de Cusco até Machu Picchu Pueblo (ou Águas Calientes) são, mais ou menos, 4h de viagem, que essa viagem será feita de trem ou de ônibus e trem e depois ainda é preciso pegar um micro-ônibus até a entrada da cidadela.

Comece definindo a data da visita ao sítio arqueológico: de dezembro até abril são as épocas das chuvas – nessa época não tem trem direto de Cusco para Machu Picchu Pueblo, então você terá que pegar um ônibus em Cusco até Ollantaytambo e lá pegar um trem até Machu Picchu Pueblo.

A vantagem de viajar nessa época é que tem menos turistas (e ainda assim é cheio) e que as paisagens estão todas verdinhas, justamente por causa das chuvas. Nós fomos no início de abril e todos os dias choveu, mas é uma chuvinha de nada, geralmente no final do dia. Não precisa nem de sombrinha.

Compre a entrada para o sítio arqueológico no site do governo peruano. Para isso você vai precisar de um cartão VISA, pois eles usam o sistema Verified by Visa. Aqui você vai precisar de um passo-a-passo:

Entre do site http://machupicchu.gob.pe/  e a primeira página é a de RESERVAS. Selecione o lugar a visitar (Machupicchu), selecione a rota (aqui mais umas explicações importantes – a opção que diz só Machupicchu é o que a maioria das pessoas faz e já requer umas 3 horas de visita, Machupicchu + Huaynapicchu é para quem quer visitar o site e subir a montanha, essa opção tem 2 horários e acesso limitado, é uma subida bem exigente e, além disso, dependendo das condições climáticas Huaynapicchu fecha e não dá para subir, querendo subir, prepare-se para ficar ao menos 5h no sítio).

Selecione o dia e o mês – você verá que a página muda um pouco, aparecendo a informação de disponibilidade de ingressos (são permitidos 2.500 pessoas por dia no sítio) e a opção de Nacionales ou Extranjeros. Selecione Extranjeros e a quantidade de ingressos. Clique em Paso 2 e preencha seus dados. ATENÇÃO! Não erre, pois você tem que ter o ingresso com as informações corretas para entrar no sítio, tem que levar a ID ou o passaporte junto. Se você errar terá que pagar uma taxa para corrigirem o erro. Clique em Paso 3 e abrirá uma janela com as regras de Machupicchu. A tela atualizará com os teus dados e data de visita, terás que confirmar os dados e aceitar os termos e então clicar em RESERVAR.

Você receberá um código de reserva e com esse código deve ir na aba PAGOS. Ali estarão todas as informações de como fazer o pagamento, somente com VISA, que abrirá o teu sistema de Token do banco, pois isso é o tal Verified by Visa.

E aí você pensa que acabou. Errado. Depois de pagar você tem que ir na aba CHECK-IN e imprimir as entradas.

UFA! E isso foi só para comprar as entradas.

Agora corre para comprar as passagens de trem!

Aqui vale uma aviso: elas são caras para dedéu! Pesquise nas 2 companhias de trem que fazem o percurso: Peru Rail e Inca Rail. O bom de viajar na época das chuvas é que você pode conseguir uma promoção (nós conseguimos). Ah! Os preços são em dólar.

As 2 têm mais de um tipo de serviço e, na época das chuvas, elas costumam oferecer o bimodal service ou o executive combined, que nada mais é que combinar o ônibus de Cusco até Ollantaytambo e o trem de lá até Machu Picchu Pueblo, bem como combinar esses serviços na volta também. Se você não quiser o serviço combinado não tem problema, pois tem ônibus e van saindo de Cusco para Ollantaytambo todos os dias e na volta também. É bem tranquilo. Nós fomos de Bimodal Vistadome com a Peru Rail e voltamos de Expedition, também da Peru Rail, mas sem o bimodal, daí pegamos uma van por 10 soles para voltar para Cusco.

O-trem

A compra das passagens de trem também tem detalhes: você receberá 2 e-mails, um dizendo que a compra está sendo analisada e outro confirmando a compra e te dando um código localizador. Com esse código você precisa ir em um quiosque na companhia e retirar as suas passagens que são pessoais e intransferíveis. Leve o seu documento e o cartão que gerou a compra, caso contrário eles não entregarão as passagens. Esses quiosques estão em vários lugares, tipo o shopping Larcomar, a Plaza de Armas…

Acabou? NÃÃÃÃÃÃOOOO!

Tá achando que é fácil chegar em Machu Picchu? Tem uma razão para a cidadela estar inteira até hoje: 1º) O espanhol não pisou em Machu Picchu na época da colonização – muito difícil de chegar e eles já achavam ruim o suficiente a capital ser Cusco (3.400m acima do nível do mar), tanto é que mudaram para Lima. 2º) A cidadela só foi “revelada” para o mundo em 1911, quando Hiram Bingham chegou lá com a ajuda de locais e começou a estudar a coisa toda. 3º) Até hoje é complicadinho chegar lá.

Agora você tem que comprar as passagens de micro-ônibus de Machu Picchu Pueblo até o sítio arqueológico. Esse pagamento também é em dólar e dá para fazer na hora, mas vai pegar fila, então melhor comprar antes e pegar só a fila de entrada nos micros. Para isso entre no site da Consettur escolha o dia e a quantidade de passageiros, selecionando a opção Round Way (ida e volta), não tem que selecionar horário nem nada. Imprima o seu comprovante e apresente na entrada do micro-ônibus junto com o seu documento.

Agora é só comprar uma capa de chuva, repelente, protetor solar e um cantil (pois garrafas descartáveis não são permitidas), juntar toda essa papelada e rumar para a INCRÍVEL cidadela de Machu Picchu.

Tem gente que pernoita em Águas Calientes (Machu Picchu Pueblo) para chegar na cidadela pela manhã. Eu não recomendo. A comida lá não é boa e é cara, a cidade não tem atrativos além do mercado de artesanato, a hospedaria é cara e muito inferior à de Cusco.

Tem gente que sai de Cusco às 3h da manhã para chegar em Machu Picchu ainda de manhã. Não aconselho também. Você chegará com uma penca de gente, cansado, sonolento e, pior, sequer conseguirá apreciar a viagem de trem que é ESPETACULAR, pois vai seguindo o rio Urubamba no vale sagrado!

O-Vale-Sagrado-visto-do-Vistadome
O Vistadome é quase todo envidraçado, tem janelas até no teto.

Nós saímos de Cusco às 7h e voltamos às 23h. Foi perfeito, fomos bem acordados apreciando a paisagem e voltamos dormindo.

9ª e última Dica

Caminhe por Cusco. Caminhe muito.

Flores-em-Cusco
O Peru é um país aromático. As flores têm muito perfume, geralmente doce.

A cidade inteira, praticamente, é histórica, dá para chegar em vários sítios arqueológicos à pé, tem muitos museus legais, alguns de graça.

Você não precisa comprar o bilhete turístico, alguns dos lugares mais legais sequer estão nesse bilhete, como a Catedral, Qenqo, Saqsaywaman, Qorikancha, o Museu Inca, o Museu de Machu Picchu, o Museu do Cacau, o mirante de San Blás…

Saqsaywaman

E vá preparado para se apaixonar: o Peru é um país fantástico, rico em história, cultura, gastronomia e em material humano! O povo é muito simpático, prestativo e acolhedor.

Nós voltamos totalmente apaixonados!

In-love

Coelhinho da Páscoa o que trazes pra mim?

bolo-de-páscoa

É Páscoa mais uma vez (ou quase) e os ovos de chocolate estão tão caros ou mais do que na Páscoa de 2016.

É gente, não é fácil ser brasileiro(a).

Tudo é caro, mas ovos de Páscoa são especialmente caros.

Aqui no Rio Grande do Sul, com o valor de 2 ovos de chocolate de 170g dá para fazer um churrasco para 4 adultos e 2 crianças, pasmem!

Prefiro mil vezes o churrasco e, além disso, detesto o incentivo ao consumismo de datas comemorativas.

Eu amo a Páscoa! Em várias religiões é o momento mais importante do calendário, então não dá pra passar batido.

Mas, também, não dá para gastar um mar de grana com menos de 1kg de chocolate.

Ano passado eu te ensinei a fazer um “ovo no pote”. É super simples de fazer, rende bem e, de quebra, dá para envolver as crianças maiores no processo.

Preparando-a-Páscoa

Aqui em casa não compramos ovos de chocolate para as crianças. Fazemos a caça aos ovos, é claro, com toda aquela coisa lúdica das pegadas e de deixar cenouras e alface, mas criamos alternativas aos grandes ovos, como pequenos ovos (casca de ovos de galinha) pintados ou enfeitados com fita adesiva colorida e recheados com amendoim doce ou M&Ms, algumas balas de chocolate em saquinhos transparentes enfeitados com fita, algumas barras de chocolate pequenas. Além disso, tem sempre um bolo de chocolate ou uma colomba pascal.

Dessa forma, evitamos o exagero no consumo de chocolate, envolvemos as crianças e não vamos à falência por causa da Páscoa.

Esse ano vou te ensinar uma receita de bolo decorado, molezinha de fazer. Dá para fazer em várias formas pequenas para presentear ou fazer um grande mesmo e chamar o pessoal para um café com bolo.

bolo-de-especiarias

Bolo integral com especiarias:

2 1/2 x farinha de trigo integral

1/2 x açúcar mascavo

2 cc de gengibre (pode ser o fresco ralado, em pó, em conserva, tanto faz)

1 1/2 cc canela em pó

1cc sal

1 x purê de maça (é só cozinha em um pouco de água que a maça se desmancha)

3 cs óleo de coco

1 cc de raspas de limão ou de laranja

1 baga de cardamomo

1/2 x de chá de flor de laranjeira (se você usar as raspas de laranja) ou de chá preto (se você usar as raspas de limão)

1cc de fermento para bolo

Para a cobertura: 1 barra de chocolate ao leite, ovinhos de chocolate pequeninos e um coelho de chocolate pequeno.

Preaqueça o forno a 180ºC.

Unte (com óleo de coco) uma assadeira redonda de furo no meio (ou várias pequenas).

Numa tigela grande, misture a farinha, o açúcar, o gengibre, a canela e o sal, acrescente o purê de maça, o óleo, o chá, as raspas e o cardomomo (que você abriu, tirou as sementes e as amassou).

Despeje da forma e leve ao forno por uns 45 minutos.

Para a cobertura: derreta a barra de chocolate e cubra o bolo e daí é só enfeitar com os ovinhos e os coelhinhos.

Agora, o mais importante de tudo, é saber reconhecer o verdadeiro significado da Páscoa. Renascimento e vida eterna minha gente: que em cada ação nossa possamos renascer como seres humanos mais evoluídos e que sejamos eternos através do bem que fazemos e das boas memórias que construímos.

Paz e harmonia é o que a Dona Xícara aqui deseja para vocês nessa época tão importante do ano.

Banana

Apresentação1

A banana é uma fruta sem segredos.

Doce e macia ela é a fonte de energia mais natural possível.

A energia vem do alto teor de carboidratos.

Juntos com eles temos as fibras, vitaminas A e C e minerais. O seu principal mineral é o potássio, que ajuda no bom funcionamento do organismo além de manter  nossas articulações e tendões saudáveis – evitando as câimbras.

 

A banana é uma fruta muito versátil para uso em receitas e muito eficaz na substituição de açucares.

Normalmente ela é a favorita da criançada.

Fica a dica de alguns produtos que você encontra nos supermercados, a base de banana para o lanche da garotada.

biO2 Kids Banana – suco a base de banana orgânica, com laranja, maça e quinoa. (www.biO2organic.com.br)

Bananinha Paraibuna – Nada mais é que uma banana passa. Tem opção sem açúcar e com açúcar. (http://www.bananinhaparaibuna.com.br/)

E para fazer em casa:

FullSizeRender

Essa receita é fácil e rápida e você ainda aproveita aquela banana mais madura que ninguém quer comer.

  • 2 bananas (maduras)
  • 1 xícara de aveia em flocos
  • chocolate 70%

Modo de Preparo: Amassar a banana. Depois misturar a aveia e pedacinhos do chocolate. faça bolinhas e coloque numa forma. Leve ao forno a 180°C por 15min.

 

#BoicoteHabibs

Olha, eu tinha tanta coisa pra te falar hoje…

Mas fui surpreendida por uma notícia com uma #: A morte do menino João Victor.

O assassinato do menino João Victor.

O brutal espancamento do menino João Victor, que resultou na sua morte.

Atrocidade cometida por adultos, responsáveis por uma grande rede de fast food brasileira, o Habib’s.

João Victor tinha 13 anos, a mesma idade do Caneca Jr.

João Victor nem de longe parecia ter 13 anos. Eu vi o vídeo (e vomitei): era um menino franzino, esmilinguido, de baixa estatura.

Para mim, João Victor poderia muito bem ter 10 anos.

Ele aparentava 10 anos…

João Victor, eu repito teu nome propositalmente, para que tu nunca seja esquecido.

E eu rezo para que exista um lugar muito, mas muito melhor do que esse que te matou.

Um lugar lindo, uma praia de águas calmas e cristalinas, onde tu possas brincar de perseguir os peixinhos, onde tu construa castelos de areia, onde tu tenha todo o tempo para brincar com outras crianças.

Que tenhas banquetes à tua disposição quando o menor sinal de fome se manifestar no teu corpo e que seja só comida de qualidade, nunca aquela porcaria servida naquele lugar hediondo que te maltratou.

Que tenhas a cama mais confortável, a casa mais bela, que tenhas um substituto de pai nesse lugar fantástico e que esse pai possa passar o dia todo a te vigiar, sempre te reafirmando a tua segurança.

Que tenhas uma substituta de mãe com um colo macio, um abraço perfumado e a voz mais doce para te ler histórias e cantar as mais doces canções de ninar.

Porquê terás para sempre 13 anos… E amor, segurança e as mais fantásticas aventuras nunca mais te faltarão.

João Victor, João Victor, João Victor, João Victor, João Victor, João Victor, João Victor, João Victor, João Victor, João Victor